Você está aqui:

Notícias

Sementes garantem alimento e renda para agricultores

16/05/2018

Sementes distribuídas pelo Idene garantem alimento e renda para agricultores familiares

Distribuição do Plano de Apoio à Agricultura Familiar beneficiou cerca de 50 mil produtores rurais no Norte e Nordeste de Minas Gerais

 

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene), entregou 450 toneladas de sementes de milho, sorgo e feijão aos pequenos produtores rurais dos 258 municípios que compõem a área de atuação do sistema Sedinor/Idene. A ação gerou emprego e renda e contribuiu com a segurança alimentar das famílias em situação de vulnerabilidade social.

O investimento para a compra das sementes foi de mais de R$ 4,6 milhões e a entrega foi concluída em 2017, beneficiando cerca de 50 mil agricultores. A distribuição de sementes faz parte da ação de Apoio à Agricultura Familiar, do Programa de Desenvolvimento do Norte e Nordeste, coordenado pelo Idene.

“Eu agradeço muito pelo esforço e interesse em nos apoiar, a gente espera que o Governo de Minas Gerais continue ajudando o povo da zona rural, porque a gente precisa”, diz o agricultor José Araújo, de 63 anos, do município de Couto Magalhães de Minas, localizado no Vale do Jequitinhonha.

Segundo o diretor-geral do Idene, Gustavo Xavier, a iniciativa tem o objetivo de fomentar à produção e fortalecer da agricultura familiar, além de incentivar a produção de alimentos para o consumo humano e animal neste período de chuvas.

“Esta é uma ação muito importante para que os produtores tenham condições de recuperar um pouco dos prejuízos causados pela seca dos últimos anos. Cada produtor recebeu em média dez quilos de milho, sorgo ou feijão, que são suficientes para plantar aproximadamente um hectare”, afirma Xavier.

As sementes foram entregues pelos escritórios regionais do Idene, localizados nas cidades de Araçuaí, Chapada Gaúcha, Diamantina, Montes Claros, Janaúba, Januária, Jequitinhonha, Salinas, Teófilo Otoni e Governador Valadares.

A entrega aos agricultores familiares foi feita pelas prefeituras e sindicatos, que por meio de Termo de Compromisso assumiram a responsabilidade pela orientação técnica, acompanhamento da produção e prestação de contas.

Também foi firmado um acordo com o programa Sementes Presentes, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), por meio do qual o Idene disponibilizou 1081 sacos de sementes. O conteúdo foi distribuído para famílias que encontram-se com alta vulnerabilidade alimentar e que residem em 13 municípios, sendo 12 do Vale do Rio Doce e um em do Vale do Jequitinhonha.

 

Sementes Presentes

Por meio do Sementes Presentes, agricultores familiares estão recebendo sementes para produzir alimentos para o próprio consumo ou venda. O programa Sementes Presentes é desenvolvido pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), em parceria com o Idene, e a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). Em 2017, foram distribuídas 226 toneladas de sementes de feijão, sorgo e milho para 23,8 mil famílias, em 159 municípios.

Notícias relacionadas

IMA habilita engenheiros agrônomos aptos a contribuir com a prevenção e controle de pragas nas lavouras
27/06/2017

Entre os temas tratados estão o monitoramento, levantamento e mapeamento da praga em condições de campo, identificação, coleta, acondicionamento e transporte da amostra para análise. Cerca de 70 engenheiros agrônomos de Minas Gerais e de todo o país participam do treinamento.

Ações do Governo do Estado em pequenas propriedades incentivam produção sustentável
27/06/2017

Estima-se que o crescimento demográfico mundial elevará a população para 10 bilhões de habitantes em 2050. Os números são um alerta para que importantes países na produção agrícola estejam mais bem estruturados e preparados para atender às crescentes demandas interna e externa.

 Parceria busca aprimorar tecnologias de apoio à qualidade na produção de alimentos
01/09/2017

O IMA e o Centro de Inovação e Tecnologia identificaram, inicialmente, cinco áreas onde essa parceria poderá começar a ser colocada em prática, todas relacionadas ao aumento de conformidade da agroindústria mineira à legislação em vigor.