Você está aqui:

Notícias

Projeto CCC apresenta resultados da análise do escopo da futura unidade centralizadora de compras do Estado

A proposta dos materiais e serviços a serem centralizados foi refinada a partir de pesquisa realizada junto aos 44 órgãos e entidades envolvidos no projeto 

A equipe do Projeto Centro de Compras Compartilhadas (CCC), da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), apresentou, nesta quinta-feira (11/3), o resultado da análise da proposta dos materiais e serviços cuja aquisição deverá ser centralizada na futura unidade de compras públicas do Estado. O evento integra as ações baseadas no compromisso dos responsáveis de promover o diálogo e a transparência no desenvolvimento do projeto.

De acordo com a superintendente de Diretrizes e Inovação na Gestão Logística e Patrimonial da Seplag, Ana Luiza Camargo Hirle, todos os 44 órgãos e entidades envolvidos participaram do processo de pesquisa. “Nosso objetivo foi apresentar a metodologia e os critérios utilizados pela equipe do Projeto CCC para refinar a proposta dos materiais e serviços do escopo da futura unidade, a partir da análise feita por cada uma das instituições envolvidas”, destacou. 

Esse foi o 4º bate-papo realizado pela equipe do CCC, em parceria com a Fundação João Pinheiro (FJP). 

Refinamento do escopo

Foi enviado um questionário personalizado para os pontos focais de todos os órgãos, autarquias e fundações de Poder Executivo estadual envolvidos no Projeto CCC. Cada instituição teve a oportunidade de avaliar e propor a inclusão ou a retirada de itens do escopo inicial da unidade e apresentar as justificativas. 

“A premissa de estruturação da futura unidade é centralizar, por padrão, o maior número possível de materiais e serviços. Por isso, a retirada de algum item precisa ser analisada com mais detalhes e amparada nas justificativas apresentadas”, ressaltou o especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental da Seplag, Lucas Pedersoli.  

De acordo com Lucas, nas respostas dos questionários, aproximadamente 700 itens distintos foram identificados para serem retirados do escopo inicial e mais de 500 para serem adicionados. “Para processar e entender essas propostas, a equipe do Projeto CCC construiu os parâmetros e critérios de análise em diferentes camadas, até chegar numa proposição final”. 

Após aplicar uma metodologia criteriosa, a equipe do projeto apresentou um aumento de mais de 300 itens passíveis de serem assumidos pela futura unidade centralizadora de compras do Estado.  

Próximas etapas

Ao longo do mês de março, o Projeto CCC irá entrar em contato cada uma das 44 instituições para realização da última rodada de retornos e diálogos, entregando a definição dos itens que irão compor ou não o escopo da unidade de compras.

Também estão em andamento, com previsão de conclusão em abril, as ações da Jornada dos Processos, que buscam discutir os processos, as listas de documentos e particularidades com os órgãos e entidades, por meio da articulação dos pontos focais. Essa Jornada contempla temas como procedimentos administrativos de contratos comuns, gestão de ata de registro de preço, contratos corporativos, pregão, concorrência, dentre outros. 

A iniciativa propõe disponibilizar, a cada semana, um conjunto de vídeos explicativos, imagens dos fluxos de processos e formulários para avaliação e contribuição dos servidores, com o intuito de estimular a discussão entre as áreas envolvidas e coletar sugestões de melhoria. Para saber mais sobre o assunto, clique aqui. 

Comunicação

Para facilitar a comunicação entre a equipe do Projeto CCC, pontos focais e interessados no tema de compras públicas, foram instituídos canais por meio do Telegram e WhatsApp. Para participar, basta solicitar a inclusão no Fale Conosco do Projeto.

Acompanhe todas as informações sobre o Projeto CCC na página da Seplag. Os vídeos de todos os eventos realizados pela equipe do Projeto CCC estão disponíveis no canal do Youtube da Fundação João Pinheiro.