Você está aqui:

Notícias

Transforma Minas lança 117ª vaga do programa

Nova oportunidade será para atuar na CGE

O Transforma Minas acaba de lançar a 117ª vaga do programa de gestão de pessoas por mérito e competências que já nomeou, ontem (30/5), dois selecionados para a Controladoria-Geral do Estado de Minas Gerais (CGE), mesmo órgão da atual oportunidade: superintendente Central de Fiscalização de Contas. 

Dentro do escopo de atuação, são atribuições da posição: planejar e executar as atividades de fiscalização relativas à gestão fiscal, área de pessoal, previdenciária e de folha de pagamento; estabelecer estratégias e propor procedimentos, visando ao aperfeiçoamento dos mecanismos de controle interno de órgãos e entidades do Poder Executivo; propor ações com vistas ao aprimoramento da atuação da Auditoria-Geral, relacionados à sua área de atuação; gerenciar as Diretorias vinculadas à Superintendência; atuar na orientação técnica de gestores de órgãos e entidades; atuar em alinhamento com as diretrizes técnicas nacional e internacionalmente aceitas.

Como projetos prioritários, o superintendente deverá gerar benefícios para o Estado, mediante a realização de auditoria e fiscalização da gestão orçamentária, financeira, patrimonial, fiscal, da área de pessoal e previdência, além de ter alta performance para o alcance dos resultados estabelecidos no planejamento estratégico da CGE.

O profissional selecionado se reportará à Auditoria Geral da CGE e irá gerenciar uma equipe de 15 servidores. As inscrições para a vaga estarão abertas no período de 31/5 a 6/6, por meio do site do Transforma Minas (www.mg.gov.br/transforma-minas).
Os candidatos selecionados para cada posição oferecida pelo Transforma Minas são avaliados por critérios objetivos e transparentes, dentro de uma metodologia consagrada internacionalmente, que inclui, entre outras etapas, análise do currículo e da motivação dos candidatos, teste de perfil e aderência com a posição pretendida, além de entrevistas que analisam suas experiências e com especialistas, que verificam suas competências comportamentais e técnicas necessárias à função. 

O programa, inovador no Governo de Minas, objetiva transformar a cultura de gestão de pessoas no setor público, replicando práticas de RH que visam a uma melhor prestação de serviços aos cidadãos. O Programa é fruto de Acordo de Cooperação Técnica entre o Governo de Minas e a Fundação Lemann, por meio da Aliança, que reúne organizações do terceiro setor formada por Fundação Brava, Fundação Lemann, Instituto Humanize e Instituto República sem contrapartida financeira para o Estado. 

Notícias relacionadas

Serão preenchidas vagas de chefia, direção e superintendência das secretarias e órgãos da administração direta e indireta em órgãos estaduais

Serão preenchidas vagas de chefia, direção e superintendência das secretarias e órgãos da administração direta e indireta

Nesta terça-feira (12/3), foi aberto processo de inscrição para o cargo de diretor técnico da Prodemge.