Você está aqui:

Notícias

Ampliação da centralização de compras públicas em Minas Gerais é debatida em evento virtual

Os primeiros resultados e os desafios do projeto CCC foram apresentados em webinário nesta quinta-feira, 08/10, com cerca de 400 participantes 

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) promoveu, na manhã desta quinta-feira (8/10), o webinário “Bate-papo sobre o Projeto Centro de Compras Compartilhadas (CCC)”. Na oportunidade, foram apresentados os primeiros resultados obtidos pela equipe do projeto, que tem como objetivo ampliar a centralização das compras públicas no governo de Minas e padronizar os processos, reduzindo a duplicidade de procedimentos e gerando mais economia para os cofres públicos. Para assistir ao evento, que teve o apoio da Fundação João Pinheiro (FJP), basta clicar aqui

Aproximadamente 400 pessoas acompanharam o webinário, que contou também com um espaço para o esclarecimento de dúvidas e encaminhamento de sugestões. O secretário-adjunto da Seplag, Luis Otávio Assis, que participou da abertura do evento, destacou a importância do envolvimento dos órgãos e entidades do Executivo na discussão e no aprimoramento do modelo em construção, lembrando, ainda, que a ampliação da centralização de compras é uma prioridade para o Governo de Minas. 

“Os ganhos, que o serviço público terá, com este projeto são muito importantes. É uma centralização de 55% dos processos de compras, uma centralização de 82% da despesa e uma expectativa de economia de R$ 500 milhões por ano”, destacou Luís Otávio. 

O lançamento oficial do projeto CCC ocorreu em janeiro deste ano e, de acordo com o subsecretário do Centro de Serviços Compartilhados (CSC), Rodrigo Matias, os debates para o aprimoramento do processo serão mais frequentes a partir de agora, quando começam a ser desenhadas algumas decisões estratégicas. “Esse contato é importante para demonstrar que os trabalhos não pararam e, nesse momento, vamos ter que ficar mais juntos, em construção coletiva”, afirmou. 

A participação intersetorial foi apontada pela vice-presidente da FJP, Mônica Bernardi, como fundamental. “O apoio da Fundação João Pinheiro vem nesse sentido, de construir o perfil dessa força de trabalho, de fazer esse mapeamento, de ajudar no apoio das competências técnicas e nas competências comportamentais. É um grande prazer participar de um projeto dessa relevância”, classificou.

Primeiros resultados

A superintendente de Diretrizes e Inovação na Gestão Logística e Patrimonial (Sudilog), Ana Luiza Hirle, fez a apresentação do histórico do projeto CCC e seu vínculo com o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI) – que inclui a centralização e transparência dos processos de compras, alavancando tecnologias e automatizando processos. Alguns resultados também foram elencados pela superintendente, como o diagnóstico realizado com os volumes quantitativos e financeiros, a força de trabalho alocada, o custo envolvido, bem como as projeções para a futura unidade, informações que podem ser consultadas na página do Projeto CCC, no site da Seplag. Acesse aqui.

Ao final do bate papo com a participação efetiva dos quase 400 servidores de vários órgãos e entidades que acompanharam a transmissão no canal da FJP no youtube, o subsecretário do CSC, Rodrigo Matias, agradeceu o interesse e o envolvimento de todos.  “Daqui para frente, vamos juntos sempre. Essa tem que ser a identidade para construirmos algo tão transformador”, afirmou.

Na página do Projeto CCC, disponível aqui, aqueles que quiserem saber mais sobre a iniciativa podem enviar suas dúvidas e sugestões no link Fale Conosco – “O projeto CCC quer ouvir você”.