Você está aqui:

Notícias

Seplag destaca resultados de empresas e órgãos vinculados à pasta em 2020

MGS, Prodemge, Ipsemg e FJP tiveram entregas importantes para a população e para o Governo de Minas

Em meio aos desafios econômicos enfrentados pelo Estado em 2020, as empresas e órgãos vinculados à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) – Minas Gerais Administração e Serviços S.A (MGS), Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge), Fundação João Pinheiro e Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) – apresentaram entregas importantes para a população e bons resultados financeiros.

“A MGS e a Prodemge registraram lucros acima do esperado diante do cenário atual, com distribuição de dividendos e quitação de dívidas importantes. Os bons resultados nas duas empresas, assim como na FJP e no Ipsemg, estão ligados à administração eficiente e responsável, implementação de práticas inovadoras e comprometimento em prestar um bom serviço à população de Minas Gerais”, destacou o secretário de Planejamento e Gestão, Otto Levy.

A MGS alcançou um lucro superior a R$ 20 milhões, o maior já registrado pela companhia e bem acima do rendimento do ano passado, que foi de R$ 500 mil. O crescimento histórico, segundo o secretário, é resultado do esforço da atual gestão para reestruturar e fortalecer as diretrizes financeiras da estatal.

Já a Prodemge, depois de alcançar o primeiro lucro verificado em seis anos em 2019, manteve o equilíbrio nas contas e a perspectiva de lucro em 2020, além de quitar as dívidas junto a fornecedores e ao governo federal. “É importante citar que tanto o balanço da MGS como o da Prodemge foram apurados e comprovados por auditorias externas”, afirmou Otto Levy.

A empresa também atuou diretamente no fornecimento da infraestrutura de rede privada virtual (VPN) que viabilizou o trabalho remoto dos servidores estaduais, com garantia da segurança das informações trafegadas pela internet, além de ter participado da implantação dos aplicativos de telemedicina e tele-educação disponibilizados para a população na pandemia.

Pela Fundação João Pinheiro, entre os diversos trabalhos realizados, podem ser destacados os cálculos do Produto Interno Bruto (PIB) trimestral e o levantamento realizado da estimativa dos custos do rompimento das barragens da Vale na mina no Córrego do Feijão, em Brumadinho, em 2019.

A FJP atuou junto à Seplag na criação do Laboratório de Inovação do Governo de Minas – LAB.mg –, que promove projetos inovadores para aprimoramento das políticas públicas e da prestação de serviços aos cidadãos, e também na parceria para o Programa de Desenvolvimento de Lideranças (PDL), que integra o Transforma Minas, para desenvolver competências dos servidores que ocupam cargos de liderança e posições estratégicas no Estado. Foram capacitados 55 gestores do segundo escalão durante o ano.

Para saber as principais ações e resultados do Ipsemg em 2020, clique aqui.