Você está aqui:

Notícias

Prêmio Inova vai ouvir cidadãos e chancelar equipes vencedoras com selo especial da OGE

Selo “O Estado Sabe Ouvir” será concedido aos vencedores da categoria “Iniciativas Implementadas de Sucesso”, na modalidade “Inovação em Políticas Públicas

O Prêmio Inova Minas Gerais chega à quinta edição com uma novidade. Neste ano, será concedido aos vencedores da categoria “Iniciativas Implementadas de Sucesso”, na modalidade “Inovação em Políticas Públicas”, o selo “O Estado Sabe Ouvir”. Para receber o selo – uma parceria entre a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e a Ouvidoria-Geral do Estado (OGE) –, as equipes técnicas do Governo de Minas deverão ser votadas pelo cidadão em uma das etapas de avaliação.  

As inscrições para o 5º Prêmio Inova Minas Gerais estão abertas até o dia 22 de setembro. Servidores estaduais podem participar enviando boas práticas e ideias inovadoras que contribuem com a gestão governamental, tanto as já implementadas que geraram resultados positivos quanto as que têm potencial para implantação.

Para o secretário de Planejamento e Gestão, Otto Levy, a participação dos cidadãos na escolha das equipes vencedores demonstra o esforço do Governo de Minas em se aproximar, cada vez mais, dos mineiros e aperfeiçoar os serviços prestados pelo Poder Público. “Essa é uma maneira de escutar a população e tornar o Estado mais eficiente. Pedimos a participação do cidadão para que nós consigamos estreitar a comunicação e destacar boas práticas que qualifiquem ainda mais a gestão e a prestação de serviços”, salienta.

A ouvidora-geral do Estado, Simone Deoud, acrescenta que incluir o cidadão – que é pagador de impostos e beneficiário direto da administração pública – no processo de avaliação significa reconhecer a sua percepção acerca das políticas públicas implementadas pelo Estado. “O selo vai simbolizar uma política inovadora que atingiu seu objetivo final: satisfazer o cidadão, determinação do governador Romeu Zema e defendida por mim, como propósito do trabalho de toda a equipe da OGE”, reforça. 

Compromisso

De acordo com a ouvidora-geral adjunta, Kathleen Garcia, o selo nasceu de uma ação proposta pela OGE com o objetivo de entender, sob a ótica do cidadão, quais serviços públicos do Governo de Minas estão sendo bem executados e quais precisam ser aperfeiçoados. 

No decorrer do processo, explica Garcia, houve um alinhamento ao Minas Atende, programa da Seplag que tem objetivo de aproximar os mineiros dos serviços públicos oferecidos pelo Governo. “Entender o que o cidadão precisa, como está sendo atendido, onde estamos sendo eficientes e onde precisamos melhorar sempre foi direcionador das definições das ações da Ouvidora-Geral”, reforça a ouvidora-Geral adjunta.

Votação

Após a primeira etapa de avaliação dos inscritos, os títulos dos trabalhos finalistas classificados serão publicados no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais e no site do Prêmio Inova (www.premioinova.mg.gov.br). Na próxima etapa, os cidadãos poderão votar nos finalistas. Cada usuário terá direito a apenas um voto em cada uma das categorias e modalidades.
Com a conclusão do processo de avaliação, os vencedores da categoria “Iniciativas Implementadas de Sucesso”, na modalidade “Inovação em Políticas Públicas”, poderão

aplicar o selo “O Estado Sabe Ouvir” em cartões de visita, currículos, assinatura de e-mails e páginas de internet, como blogs, redes de relacionamento acadêmico e profissionais.

Premiação 

As inscrições do 5º Prêmio Inova Minas Gerais, abertas até o dia 22 de setembro, são realizadas no site do concurso. Podem participar servidores estaduais com cargos efetivos ou comissionados, designados, contratados, empregados públicos, estagiários, bolsistas e militares. O edital foi publicado no dia 8 de julho pela Seplag, responsável pelo prêmio em parceria com a OGE e com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). 

Como nas edições anteriores, também haverá premiação em dinheiro e menção honrosa. Os vencedores receberão: 1° lugar - R$ 5 mil; 2° lugar – R$ 3,5 mil; 3° lugar – R$ 2 mil; 4º lugar – menção honrosa.