Você está aqui:

Notícias

Governo de Minas lança Trilhas de Aprendizagem em Compras Públicas

Governo de Minas lança Trilhas de Aprendizagem em Compras Públicas

Ação realizada pelo Grupo de Trabalho Capacita Compras propõe modelo inovador de desenvolvimento dos servidores em compras públicas

O Governo de Minas lançou, nesta segunda-feira (25/10), as Trilhas de Aprendizagem em Compras Públicas. A iniciativa é resultado do trabalho da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), em parceria com a Fundação João Pinheiro (FJP) e com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemge), que compõem o GT-Capacita Compras, e com o Tribunal de Contas da União (TCU), por meio de acordo de cooperação técnica. 

De acordo com a secretária de Planejamento e Gestão, Luísa Barreto, as Trilhas de Aprendizagem representam uma inovação na estratégia de desenvolvimento dos servidores na temática compras públicas. “Essa parceria é fundamental e permitirá que essas trilhas de aprendizagem não fiquem restritas apenas a Minas Gerais. Nós iniciamos uma rede nacional de articulação”, destacou Luísa durante o evento de lançamento.

O presidente da Fundação João Pinheiro, Helger Marra, também esteve presente no lançamento e assinalou a relevância das Trilhas para a gestão pública. “Este projeto está alinhado com a missão da Fundação e, especificamente, com a missão da Escola de Governo, que é profissionalizar a gestão pública”, enfatizou. 

A importância da rede de relacionamento entre os órgãos e entidades envolvidos foi ressaltada pelo diretor-presidente da Codemge, Thiago Toscano. “Esta ação é fundamental para a troca de experiências no desenvolvimento dos processos das compras públicas e na qualidade das entregas”, considerou. 

O eventou contou, ainda, com as presenças do secretário substituto da Secretaria de Controle Externo de Aquisições Logísticas do TCU, Euler Kleber Nunes dos Reis, a secretária do TCU no Estado de Minas Gerais, Roberta Mallab, a diretora Geral do Instituto Serzedello Corrêa, Ana Cristina Melo de Pontes Botelho, a diretora da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, Maria Isabel Araújo Rodrigues, o subsecretário do Centro de Serviços Compartilhados (CSC) da Seplag, Rodrigo Matias, e a especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, Fernanda Portilho, representando a Subsecretaria de Gestão de Pessoas da Seplag.

Aprendizagem autônoma 

As Trilhas de Aprendizagem têm o objetivo de apoiar o autodesenvolvimento dos servidores e demais interessados no tema de compras públicas, segundo apresentação da superintendente de Diretrizes e Inovação na Gestão Logística e Patrimonial da Seplag, Virgínia Bracarense Lopes. “Percebemos um espaço para trazer uma solução inovadora, eficiente e participativa para os agentes consumirem conteúdos em um formato diferente, mas complementar àqueles já disponibilizados”, afirmou. 

A diretora Geral do Instituto Serzedello Corrêa, Ana Cristina Melo de Pontes Botelho, reforçou a importância das parcerias para formação contínua dos servidores. “As Trilhas de Aprendizagem proporcionam liberdade aos servidores para que organizem seus próprios estudos, além do protagonismo e da autonomia que necessitam no processo de aprendizagem.”

As Trilhas de Aprendizagem podem ser acessadas por servidores do Estado e demais interessados no tema. Nelas estão disponíveis conteúdos sobre o Pregão Eletrônico e a Nova Lei de Licitações e Contratos. Quer conhecer mais e participar dessa iniciativa? Clique aqui.

Palestra do especialista Pedro Carbone

O evento contou com a palestra do professor, consultor e pesquisador em gestão de Recursos Humanos e doutor em economia, Pedro Carbone, responsável pela implantação dos modelos de gestão de desempenho por competências e de trilhas de aprendizagem no Banco do Brasil. “A Trilha é uma perspectiva pedagógica. Educação, quando é feita com responsabilidade e boas metodologias, sempre proporciona resultados positivos e possibilidades de crescimento”. 

Ele destacou o projeto como ferramenta importante para o enfrentamento do desafio da instantaneidade com o qual as pessoas lidam atualmente. “Somos inundados por muitas informações, por isso a importância da Trilha de Aprendizagem em formato vertical, para facilitar o consumo da informação”. 

Para assistir o lançamento das Trilhas de Aprendizagem, clique aqui. 

Diálogo Público TCU + Cidades

As Trilhas de Aprendizagem também foram apresentadas durante o evento “Diálogo Público TCU + Cidades – Nova Lei de Licitações – Planejamento: essencial para boa execução de obras públicas”, realizado nesta terça-feira (26/11), com a participação da secretária da Seplag, Luísa Barreto, do Presidente da FJP, Helger Marra Lopes, e do diretor presidente da Codemge, Thiago Coelho Toscano. 

No evento, a secretária Luísa Barreto destacou que a parceria com TCU possibilitará a disseminação de conhecimentos entre gestores públicos de todo Brasil. “Diversos municípios poderão, a partir das trilhas, formatarem compras melhores, mais seguras e que vão otimizar resultados em relação aos serviços públicos. É fundamental esse espírito de cooperação e de formação de redes com intuito de fortalecer o conhecimento e profissionalização da gestão pública”, disse.